A acelga é muito parecida com um repolho, mas é mais azedinho e alongado. Nos é familiar pelo yakissoba, um dos ingredientes do prato.

Nesta receita ela leva o molho branco:

Primeiramente corte com uma faca pequena 1pé de acelga, retire o talo e cozinhe em água fervente com um pouquinho de sal. A parte das folhas é reservado para fazer a salada. Assim que estiverem bem cozidos e macios, disponha-os em refratários e 1 colher de sopa do suco de limão. Cubra com molho branco (farinha de trigo e manteiga dourado na panela, leite fervente aos poucos e noz moscada). E coloque um pouco de queijo ralado (fresco é ainda melhor). Leve ao forno para dourar.

Sirva como acompanhamento de alguma carne mais seca.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro D. Benta p. 249 seção – verduras, legumes e batatas


A Suíça não é só capital de chocolate, montanhas, bancos e um ótimo lugar para se viver. Lá também se tem uma receita de salada feita com um queijo originário de lá – o gruyére – surgiu na cidade e possui esse nome de massa dura e encorpada ).

Modo de preparo:

Descasque 1 dente de alho, corte ao meio e esfregue no fundo de uma vasilha. Lave e escorra 1 pé de alface lisa, corte em tiras e coloque na vasilha. Corte 100g do queijo suíço em tiras finas e coloque sobre a alface. Até aí muito simples.

Agora, para o molho: coloque 1 colher de sopa de mostarda, 3 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem, 1 colher de vinagre, uma pitada de sal, e pimenta do reino branca – você pode comprar em grãos e acrescentar na hora para ficar mais fresco.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro de Receitas da Revista Cláudia. A grande Cozinha. vol. 8 Saladas, p. 110


Saladas, no inverno, não são pratos muito apreciados, porém essa de roquefort é bem especial e dá para abrir o apetite pois contém radicchio (tipo de chicória), que possui muitos nutrientes e uma leve ação contra a gripe.

Primeiramente lave as seguintes verduras:

– 1cabeça de radacchio;

– 1 de escarola;

– 1 de erva doce;

– 1 nabo.

Depois fatie bem fininho a erva-doce e corte em tiras o restante. Coloque tudo em um prato de servir com metade do nabo. Esfarele o queijo, 100g  de roquefort (queijo francês de ovelha com veios azuis, que são os fungos que são inseridos na maturação do queijo durante três meses), pique 1 colher de sopa de nozes e pistache e junte ás verduras picadas.

Para o molho:

– 1 colher de sopa de mostarda;

– vinagre de maçã a gosto;

– 3 colheres de sopa de vinho do Porto.

Pode decorar com o restante do nabo picado.

Por Ana Carolina rocha

Fontes: Jaimeleroquefort.fr, Livro Cláudia Receitas A Grande Cozinha p. 30 – Saladas 





CONTINUE NAVEGANDO: