Aprenda a confeitar bolo com dicas simples.

Confeitar um bolo pode parecer uma tarefa bem complicada, porém, com dicas simples e algumas técnicas qualquer pessoa pode confeitar um bolo facilmente. Com as dicas que serão dadas aqui nesse artigo, qualquer pessoa pode confeitar um bolo e ter um resultado incrível. Existem diversas formas de confeitar o bolo, escolha sua técnica favorita e decore seu bolo. Vamos as principais técnicas de confeitos de bolos:

Técnica de confeito de bolo com glacê

A técnica de confeito de bolo com glacê é muito usada hoje em dia, mesmo existindo outras técnicas mais modernas. Pois o resultado final do confeito do bolo é surpreendente. Essa técnica pode ser feita e aplicada de diversas formas, porém, o modo tradicional é o mais indicado. Então vamos a receita de glacê simples:

½ de açúcar de confeiteiro

1 colher de suco de limão

3 unidades de clara de ovos em neve

6 colheres de sopa de manteiga

Modo de preparo

Bata as com o açúcar, depois adicione a manteiga e o limão. Os ovos precisam estar em temperatura ambiente e não gelados. É importante ressaltar que as calaras não podem ter nenhum resíduo de gema.

Veja como confeitar o bolo com glacê

Existem algumas dicas bem importantes para que a técnica do glacê dê certo. Veja algumas dessas dicas abaixo:

1- O glacê precisa ser feito um pouco antes da hora de confeitar o bolo. Ele precisa estar firme para não desmanchar e estragar o bolo por completo.

2- O ambiente onde o bolo vai ficar não pode ser abafado, isso vai ajudar na duração do glacê.

3- Para confeitar o bolo com perfeição, é preciso usar a ferramenta de confeito, ou os famosos bicos para confeitos. Essa ferramenta pode ser encontrada de forma bem fácil em lojas que vendem produtos de festas e o valor pode variar bastante. Para pegar o jeito de confeitar, treine em um prato de festas e faça diversos tipos de desenhos com o bico de confeitar, assim é mais fácil achar o desenho perfeito para o confeito do seu bolo.

4- Para colorir o seu glacê use corante comestível e se desejar coloque essência para dar um sabor especial a ele. Existem diversos tipos de essências no mercado e corantes especiais, alguns com brilho.

5- Depois que confeitar seu bolo com glacê coloque ele na geladeira para se manter bem firme até a hora de servir.

Aprenda a confeitar bolo com pasta americana

O bolo confeitado com pasta americana é um dos mais pedidos na hora da festa. Pois esse com esse material é possível confeitar desde de um bolo simples até mais elaborados. Esse tipo de confeito é comum em bolos para festas de diversos tipos como aniversário de criança e até casamentos.

Falando da pasta americana

Muitas lojas já vendem a pasta americana pronta. É possível encontrar ela na cor branca e colorida. E também é possível colorir diversas partes da pasta americana usando corante alimentício. Porém, muitas pessoas preferem fazer sua própria pasta americana, então vamos aos ingredientes:

1k de açúcar de confeiteiro

2 colheres de sopa gordura vegetal hidrogenada

6 colheres de sopa de água

2 pacotes de gelatina em pó sem sabor cerca de 24 gramas

2 colheres de sopa de glucose de milho

Modo de preparo

Misture a gelatina na água durante 5 minutos

Com a gelatina em banho maria adicione a glucose de milho e mexa até ela dissolver por completo

Tire a mistura do fogo e coloque o açúcar de confeiteiro até que vire uma massa

Depois desse passo coloque a massa em uma pedra ou mesa com pedra de granito e com o auxílio de um rolo abre a massa até que fique em uma espessura não tão grossa e nem fina demais

Após isso a pasta americana está pronta, é só colorir e colocar no seu bolo. Com essa pasta é possível fazer diversas molduras é só usar a criatividade.

Por Cristiane Amaral

Bolo com glacê


Confira a receita do bolo de mandioca simples e saiba como servir essa sobremesa.

Mandiocaou aipim, esse ingrediente é muito conhecido, servindo de inspiração para diversas receitas deliciosas. Além do consumo in natura, a mandioca nos dá uma série de opções para consumo, entre elas, assar bolos com esse ingrediente é uma grande especialidade brasileira!

É difícil? Não. Existem diversas versões desse bolo: seco, cremoso etc. Preparamos para você a receita simples, para que você fique craque em preparar o bolo de mandioca e assim possa ir incrementando sua receita com outras combinações, métodos e ingredientes! Confira a seguir como fazer um delicioso bolo de mandioca!

Receita de bolo de mandioca

Para fazer um bolo de mandioca simples, você vai precisar dos seguintes ingredientes.

Ingredientes

Mandioca ralada de forma grossa – 3 xícaras

Açúcar – 1 xícara e meia

Manteiga – 3 colheres

Farinha de trigo – 1 xícara e meia

Ovos – 4 unidades

Coco ralado – 50 gramas

Queijo parmesão ralado – 50 gramas

Leite – meia xícara

Fermento em pó – 1 colher de sopa

Reunidos todos esses ingredientes, vamos ensinar como fazer.

Modo de fazer

Passo 1: separe as claras das gemas e, com a ajuda de uma batedeira, bata as claras até que fiquem em neve (aproximadamente 3 minutos), firmes o suficiente para que você possa virar o recipiente sem que as claras em neve caiam.

Você pode bater à mão com o auxílio de um fuê (vai demorar um pouco mais, mas funciona do mesmo jeito), até que fique consistente.

Passo 2: em outra tigela, misture o açúcar, a manteiga e as gemas. Bata na batedeira por aproximadamente 5 minutos, até que obtenha uma massa homogênea de cor amarelada.

Passo 3: Junte a mandioca ralada e adicione o leite à essa mistura. Mexa com uma colher de pau, preferencialmente. Na sequência, adicione o coco ralado e o queijo ralado. Misture bem, até que nada fique separado na massa.

Passo 4: o fermento deve ser adicionado nesse passo (para que dê tempo para que ele aja na massa). Por último incorpore as claras em neve. Faça essa incorporação devagar e aos poucos, assim sua massa vai ficar bem leve.

Passo 5: unte uma forma com manteiga e farinha e coloque a massa nela, o forno deve ser pré-aquecido por aproximadamente 40 minutos.

Passo 6: coloque o bolo para assar. Após aproximadamente 50 minutos. Para saber se seu bolo de mandioca está no ponto, espete com um palito ou com a faca. Se sair seco, está na hora de tirar.

Essa receita é boa tanto como sobremesa, podendo ser servida com cobertura de coco ou ainda como um bolo para o café da tarde, sendo servido seco com café.

Confira agora uma sugestão de cobertura para acompanhar esta e outras receitas de bolo de mandioca.

Calda de coco para acompanhar bolo de mandioca

Essa receita é muito fácil e saborosa, os sabores que a acompanham combinam muito bem com o ingrediente principal da receita acima. Veja como é simples.

Ingredientes para a calda

– 200ml (cerca de três quartos da xícara de chá) de leite de coco

– meia xícara de açúcar refinado

– 1 rama de canela

Modo de fazer

Em uma panela pequena junte o leite de coco, o açúcar refinado e a rama de canela, misture antes de ligar o fogo até que o açúcar se dissolva e que tudo forme uma calda lisa.

Depois de obter a calda, ligue o fogo e deixe-o no nível mínimo, mexa a mistura até alcançar fervura, a partir daí aguarde 10 minutos mexendo às vezes.

Faça furos no bolo com um garfo ou palito de churrasco e despeje a calda por cima dele.

Dica extra

Polvilhe coco ralado por cima do bolo já com a calda. O coco ralado além de acentuar o gosto do bolo, dará uma crocância deliciosa ao prato.

Por Carolina B.

Bolo de mandioca


Receita e dicas para fazer bolo de milho.

Preparar um bolo, em geral, é uma ocasião em que uma pessoa deseja oferecer algo a mais para a mesa do café da tarde, ou para uma comemoração de aniversário, ou mesmo para uma celebração de virada de ano. Um bolo pode ser preparado com os ingredientes mais básicos ou preparado com variados quitutes, com cobertura e adornos comestíveis, várias camadas e andares.

Mas, um bolo básico é mais saudável e apreciado. Neste texto será abordado o preparo de um bolo de milho. Basicamente o procedimento é o seguinte: Escorrer todo o milho e utilizar a própria lata para fazer as medidas; untar e enfarinhar uma forma de bolo com furo; pré-aquecer o forno; colocar no liquidificador o milho já todo escorrido e limpo, o leite, o açúcar, o flocão de milho, o óleo, os ovos e bater bem até que todo o milho fique bem moído.

Para começar, vale a pena indicar uma medida maior de grãos de milho, mais ou menos dois copos cheios, para que o bolo fique mais consistente. Um copo de Óleo de Canola, de preferência quatro ovos (com gema e clara), um copo de leite, nove colheres de farinha de Fubá, duas xícaras de açúcar.

De preferência é bom despejar, primeiramente, no copo do liquidificador, os ingredientes líquidos, para que os ingredientes porosos não se acumulem no fundo. Ou seja, o óleo, por primeiro, em seguida o leite, os quatro ovos; depois de isso despejar todos os grãos de milho. É melhor bater essa mistura inicial no liquidificador antes de adicionar o açúcar e o fubá.

Depois que todos os ingredientes forem adicionados, é necessário bater tudo novamente. Assim que estiverem bem misturados, a pessoa deve acrescentar uma colher de sopa de fermento em pó, do tipo Royal. Em seguida, bata tudo de novo. Uma dica importante, que não deve ser desprezada, é a de que ao bater os ingredientes com o fermento não se deve demorar muito, para que o calor gerado não faça o fermento começar a agir antes de ir para o forno.

Outra dica importante é a utilização de forma funda, daquelas cujo centro é formado por um cilindro, proporcionando um bolo redondo com um furo no meio. Untar essa forma com manteiga e polvilha-la com pó de fubá. Depois de batida a massa deve ser despejada com cuidado nessa forma para que preencha igualmente todas as suas partes.

Quando a massa for despejada será fácil notar que ela não é tão líquida, mas cheia de pelotas que se formam pelo acúmulo dos ingredientes combinados. Portanto, é não bem líquida, mas uma massa muito consistente. Não fica grudenta, mas sim muito incrementada, densa.

O forno é claro, necessita ser pré-aquecido. Em geral esse procedimento é feito durante a preparação da receita com os ingredientes. Pode ser regulado em mais ou menos 180º, para que o bolo possa assar de modo eficaz, equilibrado. A massa na fôrma precisa assar durante 40 minutos no forno, nem mais nem menos.

Depois de assado ele deve ser cuidadosamente retirado da fôrma. Vire a mesma de ponta cabeça e dê leves batidinhas no fundo, para que o bolo já pronto solte sem que nenhuma de suas partes fique grudada.

Deixe o bolo esfriando sobre um grande prato, limpo. O resultado final é um bolo macio, consistente, de cor amarela. Todos os ingredientes se combinam de modo equilibrado, proporcionando um sabor ao mesmo delicioso e suave. Não se trata daqueles tipos de bolos extravagantes, muito incrementados e enjoativos, com coberturas e recheios super doces. É um bolo saudável, próprio para um café da tarde e que sustenta.

Para acompanhar o processo por meio de imagens acesse o canal de Jana Sabrina no youtube: www.youtube.com/watch?v=EbQeQMPLo0Y.

Por Paulo Henrique dos Santos

Bolo de milho


Veja algumas receitas de bolo de chocolate.

Nada mais gostoso que um bolo de chocolate, né? Que tal aprender algumas receitas simples, fáceis e saborosas? São práticas e ideais para reunir a família no fim de semana ou fazer a alegria da criançada. Vamos, lá?

Receita: bolo de chocolate molhado

Você vai precisar de farinha de trigo (2 xícaras), açúcar (1 xícara), achocolatado em pó (1 xícara), óleo de soja (½ xícara), água morna (1 xícara), 2 ovos e fermento em pó (1 colher de sopa).

Para montar o bolo, unte a forma, separe o fermento em pó e depois misture todos os ingredientes. Bata tudo até a massa ficar lisa e depois é só adicionar o fermento em pó e bater por mais alguns segundos.

Acrescente tudo na forma e depois é só colocar para assar por um tempo médio de 40 minutos ou se preferir na temperatura de 170ºC.

Para a cobertura separe Nescau (3 colheres de sopa), margarina (1 colher), leite (4 colheres de sopa) e 1 lata de leite condensado, que deve ficar reservada.

Leve todos os ingredientes ao fogo e quando começar a ferver, acrescente o leite condensado. Permaneça mexendo até a consistência ficar cremosa, e depois é só jogar no bolo assado. Rápida e deliciosa!

Bolo de chocolate com morango

Ingredientes para a massa: 3 ovos, açúcar (2 xícaras), farinha de trigo (3 xícaras), 1 e ½ achocolatado em pó, 1 óleo (1 xícara), fermento (1 colher de sopa) e água morna (1 xícara).

Recheio: leite condensado (1 lata), pudim de morango (1 caixa), margarina (1 colher), morango picado (1 bandeja) e creme de leite (1 caixa).

Cobertura: leite condensado (1 lata), chocolate em pó (3 colheres de sopa), margarina (1 colher) e chocolate granulado.

Unte uma forma e a deixe reservada. Bata os ovos com o açúcar e depois coloque o chocolate em pó, óleo, água morna, trigo e o fermento. Despeje a massa na forma. Coloque para assar em forno médio até dourar ou se preferir pré-aquecido em torno de 40 minutos.

Depois que estiver fria, divida-a em 3 partes, para receber o recheio. Coloque um pouco de leite para umedecer.

Para o recheio, despeje o leite condensado, o pudim e a margarina em uma panela. Fique de olho no para não perder o ponto. Quando esfriar jogue o creme de leite e divida o recheio em 2 partes. Agora, é só rechear o bolo. Sobre o creme, acrescente pequenos pedaços de morango picado.

Para finalizar, faça a cobertura: coloque o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó em uma panela e leve ao fogo. Depois, é só cobrir o bolo e jogar granulados e morando. Uma receita deliciosa e garantia de sucesso!

Bolo de chocolate light

Separe: 6 ovos, cacau em pó (6 colheres de sopa), adoçante culinário (8 colheres de sopa), coco em flocos sem açúcar (150 gramas), margarina light (2 colheres de sopa), fermento químico em pó (1 colher de sopa).

Comece batendo os ovos no liquidificador por cerca de 2 minutos e depois acrescente cacau, adoçante e margarina. Bata até a consistência ficar cremosa. Coloque o coco, o fermento e misture tudo usando uma colher de pau.

Cubra uma forma com papel manteiga e adicione toda a mistura. Coloque para assar por um tempo médio de, aproximadamente, 30 minutos. Fique de olho para não perder o ponto! Depois, é só esperar esfriar um pouco e servir. Uma receita ótima para quem está de dieta e precisa manter a forma, mas não consegue resistir a um chocolate!

Que tal testar essas receitas de bolo de chocolate? Qual você vai tentar fazer? Não deixe de compartilhar nas suas redes sociais e muito sucesso.

Por Babi

Bolo de chocolate


Confira a receita de bolo de cenoura com cobertura de brigadeiro cremoso.

Assim que recebemos um telefonema avisando que teremos visitas durante a tarde, ou quando bate a vontade de comer um doce com gostinho de "tarde na casa da vovó", é hora de pesquisar uma boa receita de bolo. E será isso que iremos trazer no post de hoje: uma bela e completa receita de um delicioso e fofinho bolo de cenoura, e para completar, iremos te mostrar como fazer uma cremosa e maravilhosa receita de cobertura de bolo com sabor de brigadeiro. Nada mais apetitoso do que um bolo de cenoura com cobertura cremosa de brigadeiro, não é mesmo?!

Por isso pegue o seu caderno de receitas e uma caneta e anote todos os passos desta gostosura que pode ser servida acompanhada de uma tarde feliz com seus amigos e muita risada e diversão!

Confira a receita a seguir e bom apetite!

Bolo de cenoura com cobertura de brigadeiro cremoso

Para a massa do bolo você vai precisar de:

  • 250 gramas de cenoura (3 unidades médias)
  • 4 ovos
  • meia xícara de chá de óleo de soja
  • 2 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá rasas de açúcar
  • 1 colher de sopa rasa de fermento em pó

Modo de preparo da massa:

Descasque cada cenoura, divida cada unidade em cinco partes, retirando os talos. Cozinhe as cenouras por cerca de 15 minutos, ou até que que fiquem macias mas não a ponto de desmanchar. Escorra a água quente espere que as cenouras esfriem completamente. No liquidificador coloque os ovos, o óleo e as cenouras cozidas, bata bem até que se forme um creme homogêneo sem nenhum pedaço de cenoura. Em uma bacia acrescente a mistura batida, a farinha e o açúcar bata bem com a batedeira, com um fouet, ou com uma colher até que não fique nenhum grumo de farinha. Acrescente a colher de fermento incorporando levemente à massa do bolo de cenoura. Despeje a massa pronta em uma forma de formato de sua preferência untada com manteiga e farinha e leve ao forno pré-aquecido em 180 graus e mantenha o bolo até que doure a parte de cima, em média 30 a 40 minutos.

Enquanto o seu bolo de cenoura assa, você pode preparar a cobertura cremosa de brigadeiro.

Para a cobertura de brigadeiro você irá precisar de:

  • 1 lata ou caixinha de leite condensado
  • 1 colher de sopa rasa de manteiga
  • meia xícara de chá de chocolate em pó ou 4 colheres de achocolatado
  • meia xícara de chá de chocolate granulado para polvilhar e decorar.

Cobertura:

Em uma panela coloque a lata ou a caixinha de leite condensado, o chocolate em pó ou o achocolatado e a colher de manteiga e ligue o fogo baixo. Mexa sempre para não formar bolinhas na cobertura e para impedir que queime. Mantenha a mistura ao fogo baixo até que comece a desprender do fundo da panela.

Assim que o bolo estiver completamente assado, retire-o do forno e fure toda a sua extensão com um garfo, ou palito de churrasco para que a cobertura de brigadeiro entre e se misture com a massa do bolo de cenoura. Logo após furar o bolo, despeje a cobertura ainda quente, espalhando e deixando a superfície lisa sem acúmulo de cobertura em nenhum dos lados. Depois disso distribua o chocolate granulado polvilhando em toda a parte de cima do bolo e deixe seu maravilhoso e fofinho bolo esfriar.

Bela combinação de sabores, não é mesmo?! Garanto que este bolo irá render para você muitos elogios!

Depois de fazer essa deliciosa receita, comente o que achou sobre ela na caixa de comentários abaixo do post! A nossa equipe quer saber o que mais lhe agradou no bolo!

Por Carolina B.

Bolo de cenoura


Veja as dicas para fazer decoração de bolos e saiba como deixar sua guloseima muito mais apetitosa!

Quando falamos em cozinha, um aspecto que está muito em alta hoje em dia é a estética. Não basta apenas estar saboroso, tem que estar bonito também, pois as pessoas comem primeiro com os olhos.

Esse assunto é tão emergente que existem centenas de milhares de sites e fotos de comidas diversas passeando pelo seu feed o dia todo, dando aquela vontade de experimentar, enchendo os olhos e dando água na boca.

Pensando nisso, preparamos esse artigo com algumas dicas de decoração de bolo, pois é uma receita simples que se incrementada com um toque de elegância pode se tornar uma sobremesa esplêndida, digna de capa de revista! Confira!

Cobertura

A cobertura é um clássica na decoração de bolos! Além de conferir muito sabor à sobremesa, faz com que imperfeições da superfície sejam corrigidas, dando um aspecto de liso para a parte de cima do bolo.

Você pode escolher o sabor e fazer uma cobertura simples. Dependendo da espessura, use uma espátula para espalhar de maneira uniforme.

Raspas de chocolate

Principalmente em bolos de festa de aniversário, as raspas de chocolate trazem um ar todo especial para a festa. São bem simples de fazer: use uma espátula para "raspar" o chocolate até que forme pequenas ondas, o tamanho fica a seu critério. Você pode também fixar as raspas ao chantilly.

Papel de arroz

O uso do papel de arroz é muito comum quando queremos fazer uma imagem em cima do bolo. O papel de arroz é comestível e pode ser enfeitado com o uso de uma caneta culinária. Você pode desenhar ou escrever. Solte a sua imaginação usando esse item! Para fazer sua decoração seja ela grafia ou desenho, use cobertura em forma de gel (também comestível).

Chantili

O queridinho da confeitaria não poderia ficar de fora dessa lista. O chantili confere um visual refinado, digno de padaria para o seu bolo. Você pode usá-lo como uma cobertura simples, ou ainda fazer uso do saco de confeiteiro para dar uma forma especial ao chantili. Flores, figuras geométricas, vale de tudo! Você pode ajustar o bico para escolher a espessura. Há formatos diferentes nos bicos, sendo que o utensílio é de fácil manuseio até para os inexperientes. Vale usar chantili pronto, pré-pronto ou caseiro.

Pasta americana

A pasta americana é muito utilizada para o formato de rosas, mas pode ser usado de maneiras diferentes também. Além de ser deliciosa, ela forma uma camada super lisa, fazendo um trabalho mais sofisticado do que a da cobertura em cima, pois essa pasta pode cobrir também as laterais do bolo.

Para quem quer algo que fotografe bem ou precisa corrigir alguma forma do bolo que deu errado, a pasta americana é super indicada. Ela é basicamente feita à base de açúcar e algum sabor de sua escolha, então não interfere negativamente no sabor do bolo e deixa ele com firmeza aparente.

Frutas

Bem simples, as frutas principalmente quando na estação ficam lindas no bolo e complementam o sabor dele. É uma ideia simples que deixa qualquer sobremesa super charmosa. Frutas cítricas ou vermelhas podem conferir um ar de estação para o seu bolo, além de encher ele de cor viva. O frescor trazido pelas frutas também é um ponto positivo. Sendo assim, é bom atentar-se ao fato de que nada é meramente decorativo, os sabores devem casar!

Confete

Tanto o confete quanto o granulado podem deixar seu bolo mais bonito. São comprados prontos e apenas devem ser distribuídos sobre o bolo. É rápido, simples e diferente!

Por David Ferreira

Bolo decorado


Todos os dias as crianças, os jovens e até mesmo os adultos possuem o desejo de conhecer uma nova receita e comer coisas saborosas e saudáveis, não é verdade?

Se por acaso você está com esse tipo de vontade agora e quer aprender como preparar um maravilhoso bolinho frito de leite condensado, veja abaixo uma dica bem fácil de fazer, e acredito que seus amigos e familiares também vão adorar.

Confira o passo a passo:

Ingredientes:

  • 4 ovos;
  • 1 colher de sopa de margarina;
  • 1 caixa de leite condensado;
  • 1 colher de sopa de fermento;
  • 3 xícaras de chá de farinha de trigo;
  • Óleo para fritar;
  • Opcional açúcar e canela em pó para polvilhar.

– Modo de preparo:

Pegue o seu liquidificador e bata os ovos junto com a margarina, o leite condensado e o fermento.

Depois disso, coloque essa mistura em uma tigela, acrescente farinha de trigo aos poucos e misture muito bem todos os itens.

Pegue duas colheres e molde os bolinhos. Aqueça bastante o óleo e comece a fritar.

Coloque as bolinhas em um papel absorvente para remover toda a gordura e depois jogue açúcar e canela por cima.

Se quiser fure o bolinho e coloque um pouco mais de leite condensado.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Deu aquela vontade de comer uma maravilhosa sobremesa e não sabe o que preparar de diferente para agradar o seu paladar?

Saiba que nesse momento temos uma dica bem especial, sendo uma receita bem fácil de ser preparada.

A receita que vamos ensinar é a de torta de banana e doce de leite.

Confira abaixo o passo a passo:

– Ingredientes para fazer a massa:

  •  200 g de bolacha maisena trituradas no liquidificador;
  • 100 g de margarina sem sal.

– Ingredientes para o recheio:

  • 800 g de doce de leite pastoso;
  • 5 bananas nanicas maduras.

– Cobertura:

  • Chantilly a gosto.

Modo de Preparo:

Pegue a bolacha e triture no liquidificador até que vire uma farofa bem fina. Pegue essa farofa e misture com margarina (ela deve estar em temperatura ambiente) e misture até que comece a dar liga.

Coloque essa mistura no fundo de uma forma que tenha o seu fundo removível.

Na sequência coloque por cima da massa o doce de leite.

Corte as bananas não em rodelas, mas sim pelo seu comprimento, e coloque essas partes em cima do doce de leite. Cubra com chantilly e leve para a geladeira. Aguarde 2 horas e sirva.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Vamos aprender nesse momento uma receita saborosa para o seu café da manhã ou para o seu lanche da tarde? Saiba que a receita que vamos ensinar hoje é a de bolo de coco com maracujá? Confira abaixo o passo a passo.

Ingredientes:

Massa: 

4 ovos

1/2 xícara de chá de suco de maracujá

1 xícara de chá de farinha de trigo

3 colheres de sopa de amido de milho

1/2 xícara de chá de açúcar

1 colher de chá de fermento em pó

Cobertura:

200 g de coco ralado grosso

8 colheres de sopa de suco concentrado de maracujá

Recheio:

250 ml de leite

500 ml de leite de coco

1 lata de leite condensado

8 colheres de sopa de maizena

100 ml de creme de leite fresco

Como Preparar:  

Massa – Bata os ovos e depois junte com o açúcar até que a massa fique homogênea. Depois coloque os outros ingredientes coloque a massa em uma forma untada. Leve ao forno para assar.

Recheio: Bata tudo no liquidificador menos o creme de leite que deve ser misturado com uma colher no final.

Como Montar: Pegue o bolo, corte ao meio, coloque o recheio, depois coloque a sua segunda camada. Coloque mais uma quantidade do recheio por cima do bolo com as colheres de sopa de suco concentrado de maracujá e o coco ralado. Sirva e bom apetite.  

 


Sorria! Estamos em Junho, época de Festas Juninas. 

Durante as comemorações de Junho é possível saborear deliciosos quitutes, dançar quadrilha e brincar ao som de músicas típicas do arraial nordestino. A maior parte das delicias culinárias tem o milho como ingrediente fundamental. Há uma grande diversidade de pratos que podem ser feitos com ele: broas, bolos, bolachas, enfim, muitas receitas contemplam o sabor desse cereal.

Existem muitos outros ingredientes usados na preparação das maravilhas apresentadas nos cardápios das Festas Juninas, o amendoim é outro ingrediente muito utilizado na elaboração de doces e salgados. Alguns dos pratos que são à base dessa oleaginosa são: pé-de-moleque, paçoca, cremes, bolos. Diante desses famosos ingredientes, que tal misturá-los na mesma receita? 

Apresentamos o famoso Bolo-Pudim de milho e amendoim.

Para prepará-lo você vai precisar de: 3/4 xícaras de óleo; 4 ovos; 1/2 xícara de leite de coco; 1 xícara de açúcar; 1 1/2 xícara de farinha de trigo; 1/2 xícara de farinha de milho pré-cozida; 1 colher de sopa de fermento em pó. Os ingredientes do pudim são: 1/2 xícara de chá de farinha de amendoim; 6 ovos; 1/2 xícara de leite de coco; 1 xícara de leite e 400 gr de doce de leite cremoso.

Modo de Preparo:

Primeiro, deve preparar a massa do bolo colocando todos os ingredientes do mesmo, exceto a farinha e o fermento, no liquidificador. Logo dessa mistura ficar pronta, deverá colocá-la numa tigela e acrescentar a farinha e o fermento. Misture suavemente. Coloque a massa na forma previamente untada e polvilhada com a farinha de amendoim.

Logo após a realização da massa, fará o pudim, para isso colocará todos os ingredientes no liquidificador. Após sua preparação, despeje esta mistura encima do bolo e leve ao forno, em banho-maria por uma hora aproximadamente. 

Depois de pronto, desenforme e decore com mais farinha de amendoim usando a imaginação.

Por Melina Menezes.


No próximo domingo (12/05), é o Dia das Mães. E como esse dia não pode passar em branco, segue abaixo uma receita de bolo maravilhosa.

Para fazer a massa você vai precisar:

  • Ingredientes:

· 1 xícara (chá) bem cheia de manteiga;

· 1 copo de suco de laranja;

· 3 xícaras (chá) de açúcar;

· 1 pitada de sal;

· 3 xícaras (chá) de farinha de trigo;

· 1 colher (sopa) de fermento em pó;

· 5 ovos;

· 1 xícara (chá) de fécula de batata;

· Raspas de uma laranja.

  • Ingredientes usados para fazer o recheio:

· 1 lata de leite condensado;

· 1 vidro de leite de coco;

· 1/2 xícara (chá) de nozes picadas;

· 4 gemas.

  • Ingredientes para fazer a cobertura:

· 1 lata de creme de leite (gelado e sem o soro);

· 2 claras em neve;

· 4 colheres (sopa) de açúcar;

· 2 colheres (sopa) de manteiga.

Depois de conhecer todos os ingredientes que serão usados para o preparo do bolo, vamos ao passo a passo.

Preparo da massa:

Primeiro bata a manteiga para que fique um creme, acrescente o açúcar e continue a bater. Após esse procedimento acrescente nessa mistura as raspas de laranja e bata bem. Coloque alternadamente o suco de laranja, a farinha de trigo (peneirada), a fécula de batata e o fermento, misturando-os com uma espátula delicadamente. Por último, adicione as claras em neve.

Despeje a massa obtida em uma forma redonda devidamente untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo e leve ao forno.

Depois que retirar o bolo do forno, espere que esfrie para que possa prosseguir com o recheio.

Preparo do Recheio:

Para fazer o recheio leve ao fogo o leite condensado, as gemas e o leite de coco, mexendo constantemente até que a mistura esteja desprendendo do fundo da panela. Retire do fogo e acrescente as nozes.

Preparo da cobertura:

Para a cobertura bata a manteiga vá acrescentando o creme de leite sem bater, apenas mexendo com a espátula. À parte bata as claras em neve e junte com o açúcar até que fique como um suspiro. O suspiro deverá ser acrescentado junto à mistura reservada de manteiga com creme de leite.

Dica para decorar o bolo:

Para que o bolo não fique apenas gostoso, mas também bonito, jogue sobre a cobertura coco ralado, cerejas ou até mesmo flores comestíveis que podem ser encontradas em casas de artigos para festas.

Por Luana


Para todos os amantes de um bom churrasco, aqui vai uma dica bem especial dada por ninguém menos do que um dos  maiores conhecedores do assunto, o “artesão da carne” Marcos Bassi.

Segundo ele, que conhece todas as técnicas para um bom churrasco, para que a sua carne assada na brasa não fique muito salgada, você não deve jamais salgá-la estando ela gelada, pois se assim o fizer, há uma maior absorção do sal. Portanto, a carne deve ser salgada em temperatura ambiente.

E para que seu churrasco faça ainda mais sucesso o especialista dá ainda outra dica: o sal deve ser aplicado aos poucos e com cinco minutos antes de levar para a churrasqueira, ou seja, nada de fazer como estamos acostumados, e já deixar a carne pré temperada, já salgada e gelada.

Depois destas dicas, com certeza seu churrasco de fim de semana vai fazer muito mais sucesso.

Por Lilian Jeane Oliveira

Fonte: Revista Época


Junho é o mês das festas de São João, conhecidas e adoradas por suas divertidas e apetitosas tradições. Quem nunca recortou bandeirinhas ou nunca dançou quadrilha? Quem nunca assistiu a um casamento caipira e se deliciou comendo um pedaço de bolo?

O mais atrativo nas festas juninas, trazidas pelos portugueses, talvez seja a culinária típica à base de milho, que oferece deliciosas opções para matar a fome enquanto se aprecia a festa ao redor de uma fogueira. Entre as comidas típicas de São João estão a pipoca, a canjica, a pamonha, o bolo de milho, a paçoca, o pé de moleque, o pinhão e, para beber, o quentão.

Algumas dessas delícias, porém, são características da região em que ocorre a festa, ficando restritas àquele lugar, mas festa junina sem o quentão não é a mesma coisa. Aprenda a fazer essa saborosa bebida e entre no clima de uma das festas mais adoradas em todo o Brasil!

Ingredientes:

– 1 garrafa (750 ml) de vinho tinto suave;

– a mesma medida de água;

– 1 xícara (chá) de açúcar;

– 20 cravos da índia;

– 10 paus de canela;

– cascas de duas laranjas;

Modo de preparo:

Em uma panela, leve ao fogo a água, o açúcar, o cravo, a canela e as cascas de laranja. Mexa até dissolver o açúcar. Quando começar a fervura, abaixe o fogo e deixe ferver por 20 minutos.

Acrescente o vinho. Depois que a fervura recomeçar, aguarde mais 5 minutos.

Desligue o fogo, sirva imediatamente e tenha um ótimo “arraiá”!


Existem várias diferenças marcantes de geração para geração, porém, uma coisa nunca muda, crianças não gostam de comer legumes e verduras – que possuem nutrientes importantes no período de crescimento das pessoas.

Uma maneira interessante de fazer os mais novos comerem alimentos saudáveis é o Arroz Verde. Segundo recente matéria do New York Times, o Green Rice (Arroz Verde) é a mistura de espinafre com o arroz comum, o que gera um gosto de ervas muito apetitoso.

A receita é simples: duas xícaras de água, uma xícara cheia de espinafre, meia xícara de folhas de coentro, uma colher de sopa de azeite, uma xícara de arroz e sal a gosto.

Para preparar é só bater o espinafre e o coentro junto com a água no liquidificador, misturar ao arroz e cozinhá-lo normalmente.

Por Thiago Martins

Fonte: New York Times


Mais uma receita típica das festas juninas. O Curau de milho. Essa delícia (que parece um pudim de milho) pode ser enfeitado da maneira que quiser.

Ponha 3 xícaras de milho verde e 1 xícara de água no liquidificador. Bata até ficar parecido com um purê. Retire-o e adicione 4 xícaras e meia de leite. Coe o excesso apertando com uma colher. Coloque a mistura de milho e leite em uma panela e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos. Junto com 1 xícara de açúcar e 1 colher de sopa de maisena (cuidado com os grumos). Mexa bem. Por fim, coloque em uma forma untada, deixe esfriar e leve à geladeira até ficar firme. Depois de algumas horas, desenforme e polvilhe com canela (se quiser).

Foto: Site Informação Nutricional

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Rev. Ana maria ed. 55 p. 4 data 17 de junho de 2002


Purê de Batata, macio, molinho e acompanha quase tudo na cozinha. O melhor ainda nesse inverno, que pode consumi-lo até puro.

Nesta receita, ele leva um toque de ervas:

Aqueça 3/4 de xícara de chá de azeite até ferver. Acrescente 2 dentes de alho, 1 folha de louro, 3 raminhos de tomilho, 1 colher de sopa de folhas de salsinha 1 galho de alecrim. Tampe e deixe tomar gosto por 30 minutos. Não esqueça de tirar o azeite da panela, obviamente. Depois retire o alho e as folhas e reserve. Cozinhe 500g de batata em água fervente com sal. Passe para o espremedor como se fizesse um purê normal. Junte as batatas e o azeite e mexa bem. Coloque meia xícara de creme de leite e misture até ficar no ponto. Tempere à gosto.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Revista Ana Maria p. 14. Data 17 de junho de 2002. ed. 55


Uma delícia cremosa e suave que vai bem a qualquer época do ano: Mousse!

Nesta versão o chocolate utilizado é ao leite, mas você pode trocar por um de sua preferência (só tome cuidado com o chocolate branco pois como tem mais gordura, precisa ser bem manipulado).

Receita:

Amoleça 6 folhas de gelatina sem sabor em água fria e dissolva em meia xícara de água fervente. Corte meio quilo de chocolate em pedaços e derrata-o em banho-maria. Sem parar de mexer, junte 250g de açúcar, 50g de manteiga e 12 gemas. Adicione a gelatina e as claras dos 12 ovos separados (importante lembrar para bater antes). Bata tudo com o garfo até que fiquem homogêneos (esse é o segredo para um bom mousse, é necessário ter suavidade). Leve para gelar e decore, utilize como recheio ou simplesmente saboreie essa delícia.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro Dona Benta pg 705 – Seção Bavaroise, Gelatinas e musses


Cansado desses hambúrgueres congelados com gosto de nada? Pegue a receita dessa iguaria, originária dos EUA e disseminada em fast foods, e que pode tornar outro gosto quando feito natural.

Amasse 500 gramas de contrafilé moído e 500g de coxão mole de patinho moído (ambos sem gordura). Faça bola e deixe a espessura que desejar (por volta de 8 bolas com 120 g de cada tipo de carne). Grelhe ou frite as iguarias ( pode ser em chapa, grelha ou frigideira). Tempere com sal e pimenta. Caso você queira um hambúrguer mais temperado, misture a carne moída com um pacote de sopa de cebola antes de fazer as bolas.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Receita do Livro Dona Benta


Para os que sempre estão no interior paulista e de passagem em Ribeirão Preto, amantes de boa cozinha (ou comer bem) aqui vai uma seleção e seus respectivos points: Para quem gosta de carne, no "Moinhos Churrascaria", na Av. Antonio Diederichsen é uma boa pedida, a picanha de lá é famosa. No "Engenho da Cerveja" a feijoada que acompanha arroz, vinagrete, molho e couve. O restaurante fica na Av. Presidente Kennedy. No "Boi Bom", na rua Florêncio de Abreu, é tradicional o mignon completo (com queijo prato, cebola e tomate). Para os que gostam de comida italiana e uma pizza: a "Dona Pequena Pizza Store", "panini luna tradizionale"  traz filé mignon e cheddar e no "Atelier da Pizza" a preferida é a putanesca. Petisco fica por conta do "Nosso  Buteco", com o bombom de frango.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Revista de Ribeirão Preto – REvide – 21 de maio de 2010 ano 21 edição 506


Pingado não é pinga! É o que sabe um bom mineiro de bar, boteco e botequim. Mas é possível pedir por lá mesmo,  essa bebida famosa no território mineiro. O café com um "pingadinho"  de leite, acompanhado com pão francês na chapa é o café da manhã de muitas pessoas que moram no sudeste do país.

O pingado, agora, pela ABIC – Associação Brasileira de Indústria do Café – tem até um movimento: o pró-pingado, já que vivenciamos o "bom" dos cafés gourmets de diversos lugares (italiano, francês e etc) é bom reverenciar o nosso cafezinho com nome brasileiríssimo: o pingado!

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Estadão


A acelga é muito parecida com um repolho, mas é mais azedinho e alongado. Nos é familiar pelo yakissoba, um dos ingredientes do prato.

Nesta receita ela leva o molho branco:

Primeiramente corte com uma faca pequena 1pé de acelga, retire o talo e cozinhe em água fervente com um pouquinho de sal. A parte das folhas é reservado para fazer a salada. Assim que estiverem bem cozidos e macios, disponha-os em refratários e 1 colher de sopa do suco de limão. Cubra com molho branco (farinha de trigo e manteiga dourado na panela, leite fervente aos poucos e noz moscada). E coloque um pouco de queijo ralado (fresco é ainda melhor). Leve ao forno para dourar.

Sirva como acompanhamento de alguma carne mais seca.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro D. Benta p. 249 seção – verduras, legumes e batatas


Ovos são itens que vez ou outra sobram um pouco na geladeira e tem prazo curto de vencimento. Nesta receita você pode levá-los ao forno com bacon.

Coloque 6 fatias de bacon em uma frigideira para dourar. Tire a gordura e deixe esfriar (cuidado para o bacon não ficar muito duro). Pique (não muito fino) e divida em potes individuais. Coloque 1 coiher de sopa de molho inglês sobre eles e coloque os ovos sobre cada tigela. Coloque sal e pimenta a vontade e cubra com uma colher de sopa de creme de leite ou mesmo leite. Ponha queijo parmesão ralado, leve ao forno por 12 minutos até que os ovos estejam de acordo com seu gosto.

Um ótimo acompanhamento seria torradas.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: LIvro Dona Benta. p. 165  Seção – Ovos, Omeletes e Suflês


O molho bechamel  é muito confundido com o molho branco. A diferença consiste no modo do preparo. Um possui infusão de ervas enquanto o outro é mais simples.

O bechamel pode ser usado em suflês, peixes, legumes, é uma ótima guarnição para gratinar. A lasanha é feita com esse molho.

Segue a receita:

Ferva 1 cebola média picada e 1 xícara de chá de água até ficar macia. Faça um purê com ela. Depois junte 3 colheres de sopa de margarina  e adicione 2 colheres de sopa de farinha de trigo. Leve ao fogo e mexa, cuidado para não queimar. Adicione aos poucos 3 xícaras de leite fervente. Mexendo sempre. Acrescente agora 1 folha de louro e 1 cravo da índia. Deixe cozinhar até ficar cremoso. Tempere com sal, pimenta do reino e noz moscada ralada.

Não se esqueça que o bechamel pode também levar o seu aroma. Escolha uma erva ou condimento preferido e adicione.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro Dona Benta. pg 352. – Molhos básicos e simples


O suflê, massa bem leve que deve ser comida na hora, é francês e pode ser salgada ou doce. Nessa versão leva o legume couve-flor.

Pegue 1 xícara e meia de chá do ingrediente picado e misture com molho bechamel quente. Coloque 1 colher de sopa de queijo ralado,1 pitada de sal e 3 gemas. Mexa bastante e deixe esfriar. O segredo do suflê é bater claras em neve bem pontudas pois é a base do quitute. Adicione bem delicadamente a mistura antes preparada. Depois, ponha a massa em uma forma para suflê untada com margarina ou óleo. Leve ao forno alto e asse por 20 minutos.

O ponto interessante da receita é que o couve-flor pode ser substituído por cenoura ou alcachofra.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro Dona Benta p. 177 parte: ovos, omeletes, suflê


Se você e o sal são amigos inseparáveis na mesa e na cozinha é bom conhecer outros condimentos que enriquecem e tornam as receitas com aquele gostinho que não dá pra definir. O açafrão, por exemplo, dá aquela cor amarelada na paella (prato espanhol de arroz com frutos do mar). É muito utilizado em risotos e frutos do mar. Bom também para temperar frangos. Seu cheiro também é característico.

Outro tipo de açafrão é o nacional, chamado de cúrcuma. A cúrcuma é a base para os curries (tempero muito usado em pratos asiáticos). O curry ou caril é uma mistura com várias especiarias e a cúrcuma. Pode ser usado em carnes, peixes e fica uma delícia com ensopados.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro D. Benta p. 52 e 53


Ao passar na feira ou em supermercados, existe a dúvida de como comprar as frutas, verduras e legumes. Se estão bons para uso ou não.

A dica é não comprar frutas nem verdes nem maduras. A aparência da fruta diz tudo. Evite comprar frutas batidas, danificadas, com manchas. Depende muito da fruta, o melão, por exemplo, pressione levemente as extremidades, se estiver mole, está no ponto. A cor também deve ser bem amarela, não opaca. Os legumes as verduras têm que ser sempre bem lavados. E por fim, adicione um colher de sopa de vinagre para esterilizar por completo o verde que utilizará.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Dona Benta, pg 47 e 48


carne, ingrediente idolatrado pelos brasileiros em churrascos podem apresentar alguns problemas à saúde caso não estejam em boas condições para consumo.

Pensando nisso trazemos algumas dicas:

Compre suas carnes em mercados ou açougues de confiança e melhor ainda se for cortada na hora (os congelados são práticos mas os frescos são mais saborosos). O aspecto da carne deve ser agradável e o aroma também (aquele cheiro de sangue forte significa que a carne ficou muito tempo exposta em ambiente quente). Elas devem sempre ser armazenadas em baixa temperatura e não compre carnes em lugares que note que não exista refrigeração (em feiras é muito comum e pode causar sérias doenças, além da qualidade inferior). A carne moída, por exemplo, peça pra moer na hora. O frango deve apresentar a cor clara e não apresentar nenhum odor. É necessário lavá-lo em água corrente na torneira antes de utilizá-lo.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro Dona Benta. 7a ed,São Paulo: 2007. p. 46


As coxinhas de frango são um marco brasileiro. Modelada em gota, recheada com frango e outro ingrediente cremoso para fazer companhia. Para ser gostoso tem que estar bem dourado.

Eis a receita:

Cozinhe 2 peitos de frango em 1 xícara de chá de caldo de frango. Esfrie e desfie, e reserve o caldo. Coloque no espremedor 6 batatas cozidas, acrescente meia xícara de leite, uma xícara do caldo reservado, sal, salsinha, noz moscada e pimenta-do-reino. Leve ao fogo médio e misture bem. Mexa e acrescente aos poucos farinha de trigo até que solte da panela.  Faça bolinhas (ou bolonas) achate e recheie com o peito de frango (fica livre para quem desejar colocar mais recheio) molde no formato de coxinha. Passe por 2 ovos batidos com garfo e depois na farinha de rosca. Não mexa muito na coxinha para evitar que ela fique gordurosa.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro de Receitas Dona Benta pg. 65


O bolinho de queijo está no cardápio das festinhas, petiscos e para testar seus conhecimentos tente fazer essa receita bem fácil do magnânimo livro da Dona Benta (aquele que ela aparece com um bolo na mão e o menino debruçado sob ela com as mãos sobre a face de olho na gostosura).

Misture 1/4 de queijo de minas com 4 ovos e junte 1 colher de chá de polvilho; 1 pitada de sal e 1 pitada de noz moscada. Depois, faça bolinhos com as mãos e frite-os em óleo quente. Após dourar bem, retire e coloque no papel absorvente.

Uma receita simples, prática e deliciosa!

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Comer bem, Dona Benta, 76 ed., Ed. Companhia Nacional, São Paulo: 2007 p. 65


A Suíça não é só capital de chocolate, montanhas, bancos e um ótimo lugar para se viver. Lá também se tem uma receita de salada feita com um queijo originário de lá – o gruyére – surgiu na cidade e possui esse nome de massa dura e encorpada ).

Modo de preparo:

Descasque 1 dente de alho, corte ao meio e esfregue no fundo de uma vasilha. Lave e escorra 1 pé de alface lisa, corte em tiras e coloque na vasilha. Corte 100g do queijo suíço em tiras finas e coloque sobre a alface. Até aí muito simples.

Agora, para o molho: coloque 1 colher de sopa de mostarda, 3 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem, 1 colher de vinagre, uma pitada de sal, e pimenta do reino branca – você pode comprar em grãos e acrescentar na hora para ficar mais fresco.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Livro de Receitas da Revista Cláudia. A grande Cozinha. vol. 8 Saladas, p. 110


Saladas, no inverno, não são pratos muito apreciados, porém essa de roquefort é bem especial e dá para abrir o apetite pois contém radicchio (tipo de chicória), que possui muitos nutrientes e uma leve ação contra a gripe.

Primeiramente lave as seguintes verduras:

– 1cabeça de radacchio;

– 1 de escarola;

– 1 de erva doce;

– 1 nabo.

Depois fatie bem fininho a erva-doce e corte em tiras o restante. Coloque tudo em um prato de servir com metade do nabo. Esfarele o queijo, 100g  de roquefort (queijo francês de ovelha com veios azuis, que são os fungos que são inseridos na maturação do queijo durante três meses), pique 1 colher de sopa de nozes e pistache e junte ás verduras picadas.

Para o molho:

– 1 colher de sopa de mostarda;

– vinagre de maçã a gosto;

– 3 colheres de sopa de vinho do Porto.

Pode decorar com o restante do nabo picado.

Por Ana Carolina rocha

Fontes: Jaimeleroquefort.fr, Livro Cláudia Receitas A Grande Cozinha p. 30 – Saladas 


Que tal plantar aí mesmo na sua casa o que você vai comer no almoço? “Mas não há espaço na minha casa” você diria. Mas não há espaço sequer para um vasinho com um pequeno pé de salsinha? Tudo bem, isso não seria seu almoço, apenas um ingrediente do tempero para ele.

A terapia de cuidar de um jardim e o prazer de ver surgir pratos maravilhosos com o que você mesmo plantou, cuidou, colheu e cozinhou ainda existiria.

Plantar não exige muito espaço: basta um lugar onde você possa colocar um vaso e você pode plantar seu próprio tempero fresco (que recém-colhido tem muito mais sabor e cheiro), um pé de alface ou mesmo um pé de jabuticaba (que acabaria parecendo um bonsai, mas nem por isso deixaria de lhe dar as deliciosas jabuticabas). Se houver espaço para dois ou três vasos então, melhor ainda! Você poderia plantar desde o tempero para o feijão, até as folhas para a salada e, ainda, as cascas que sobraram da batata que foi para o assado, podem ao invés de ir para o lixo virar adubo para suas plantas. Um jeito simples de se economizar (mesmo que pouco), relaxar cuidando das plantas e comer alimentos sem agrotóxicos, com procedência mais do que conhecida e confiável.

Por Daniela F. Santoro


No alimento orgânico tudo é natural, não há agrotóxicos, fertilizantes sintéticos, conservantes químicos ou aditivos. O respeito com o meio ambiente, a responsabilidade social e os diversos programas ambientais são consequências dessa escolha de vida.

Muita gente não sabe, mas não só frutas e verduras podem ser produzidas dessa maneira, o processo pode ser usado com qualquer alimento: doces, pães, massas, laticínios, etc. No Brasil o conhecimento sobre o assunto é ainda pequeno, mas na Europa, por exemplo, podemos encontrar até roupas que tiveram seu processo de produção livre de aditivos químicos.

E não alcançamos apenas benefícios pessoais, “o modelo orgânico é socialmente mais justo e traz benefícios ecológicos em escala global”. Já que quem produz o alimento orgânico é sempre as pequenas propriedades e associações de agricultores, deixando de lado a indústria agroquímica. A propriedade se torna auto-sustentável.

A técnica para produzir alimentos orgânicos é antiga, ao contrário dos transgênicos, não há nenhum uso de fertilizantes, drogas veterinárias, aditivos, hormônios e químicos em geral. Esse é o motivo mais relevante para muitos adeptos da alimentação orgânica. Estudos sobre os agrotóxicos comprovam que seus efeitos são cumulativos no organismo e são a origem de muitos males modernos, além é claro de câncer, problemas neurológicos, dores de cabeça, alergias e etc.

Mas não é fácil excluir os alimentos não orgânicos da nossa vida, principalmente para os que vivem nas grandes cidades e para os que não podem pagar pelo custo alto dos produtos disponíveis no mercado.  Nesses casos, o melhor é escolher bem entre os que têm menos aditivos químicos em todo o processo de produção. Preferir sempre frutas e verduras de época; lavar tudo o que for consumir em água corrente com esponja e deixar de molho numa solução com vinagre; excluir as folhas externas das verduras, pois receberam mais agrotóxicos; retirar a gordura dos frangos, pois as substâncias tóxicas se acumulam nos tecidos gordurosos e dar preferência aos alimentos regionais que não precisam deslocar-se de grandes distâncias. E uma boa dica é: encontre um espaço na sua casa e monte sua própria horta!

Por Daniela F. Santoro


A raspadinha, aquele gelinho no copo, de acordo com o estudo do professor e fisiologista Paul Laursen, (estudioso sobre o corpo e esportes neozelandês) traz benefícios para atletas.

O superaquecimento do corpo provoca fadiga e atrapalha o desempenho de corredores e a bebida gelada ajuda mais que os coletes que são usados por profissionais. O pesquisador queria uma receita mais rápida e caseira, ele diz que não é como deitar em uma banheira de gelo, mas ajuda.

A receita é bem simples: faça uma calda de 225g de açúcar com 600ml de água fervente. Triture bem o gelo adicione a ele a calda e polpa de fruta ou groselha. Simplesmente coloque no copo e tome.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Folha de S. Paulo 13 de maio de 2010 . Caderno Equilibrio p. 3


O arroz é um prato típico de nosso país que acompanha o feijão. E nós brasileiros em geral, fazemos uma medida a mais para quem gosta do alimento.

Quando há a sobra uma deliciosa maneira de reaproveitá-la é utilizando como ingrediente de um outro alimento: o bolinho. Nessa variação ele vem com blue cheese (aquele queijinho branco com pintinhas azuis triturado). Aí é só pegar um pouco de:

– arroz;

– blue cheese;

– salsinha picada;

– sal a gosto;

– farinha de trigo (até dar consistência);

– um ovo e misturar bem.

Para ficar mais consistente deixe na geladeira por 2 horas.

Aqueça o azeite ou  óleo e frite. Ponha o papel absorvente e sirva.

Por Ana Carolina Rocha

Fontes: Receitas UOL


A ricota, ingrediente usado em dietas é bem nutritiva e deliciosa. Pode ser usados em temperos, molhos, recheios. Nesta receita ele é o elemento básico da torta.

Para fazer é necessário bater claras de 4 ovos e reserve.

Coloque no liquidificador:

– 2 colheres de sopa de margarina derretida,

– 2 colheres de sopa de maisena,

– 1 lata de leite condensado,

– leite (na mesma medida da lata)

– gotas de essência de baunilha (a gosto).

Bata bem e misture suavemente a clara em neve. Coloque no fundo de uma fôrma retangular meia xícara de chá de uvas passas e despeje a massa. Leve ao forno microondas em potência alta por 10 minutos e prontinho. Sua torta está pronta para ser servida.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Ana Maria Coleção Cozinha nº3


Dê uma olhada nessas dicas de cozinha que dão aquela ajuda quando algo dá errado ou melhora nossas especialidades culinárias.

Quando seu feijão salgar além da conta, adicione folhas de couve e ferva por 5 minutos. Ela absorve o sal e dá um gosto especial. A batata também funciona.

Em receitas, em geral, algumas vezes é requisitado manteiga em temperatura ambiente, para não derretê-la e não utilizá-la fria mesmo, tem um truque muito útil que é ferver água, colocá-la em uma tigela, esperar alguns minutos, jogar a água fora e virar a tigela em cima da manteiga. A manteiga ficará molinha sem derreter.

Por Ana Carolina Rocha


A festa junina, comemorada em todo o Brasil, em algumas regiões com celebrações mais grandiosas e em outras menos, possui como características os pratos e bebidas que dá vontade de comer o ano inteiro. Um desses pratos é o quentão, uma bebida alcoólica que é servida quente durante o inverno.

Fazer quentão é uma tarefa simples:

– ferver 2 litros de água,

– 1 raíz de gengibre ralada,

– meia xícara de chá de erva-doce,

– 8 paus de canela,

– 1 colher de sopa de cravos-da-índia,

– casca de 1 limão,

– 3 colheres de mel,

– açúcar a gosto.

Depois de fervido, coar os elementos sólidos em um pano. Junte a cachaça, aqueça bem e sirva.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Revista Coleção Cozinha Ana Maria nº3 Editora Azul


Frescor e tempero na cozinha, são características essenciais para degustação e saboreio de um prato. Então aí vão algumas dicas para realçar e melhorar alguns ingredientes como a uva passa.

O ingrediente usado em bolos, panetone, saladas, vem em pacotes fechados, seca e até dura. Antes de utilizá-la coloque sobre o vapor de água fervente por 5 minutos. Ficam bem mais macias. Outra dica para deixar os legumes mais saborosos, especialmente picles é ferver vinagre e um pouco de açúcar (isso corta a acidez do tempero) depois deixar evaporar um pouco,  deixar esfriar e despejar sobre os legumes.

Por Ana Carolina Rocha

Fonte: Coleção Ana Maria de cozinha (sem data específica)


Baklava, de origem grega é apreciado por prisioneiros de Guantánamo, o famoso presídio cubano de fugitivos de guerra, quase fechado por Obama no ano passado, preparados pelos próprios presos.

A massa chama-se filo, respectiva do local e é parecida com nossa massa folhada, baseada na manteiga e é recheada com nozes, mel, açúcar e baunilha, como se fosse uma lasanha doce.

Em blogs e pela internet, a sua origem é um pouco incerta, é apontado Ucrânia, Grécia e Turquia. O doce, que é assado, pode ser encontrado em lojas libanesas e o mesmo se dá para massa, que em seu modelo original pode ser cortada em círculos ou losangos.

Por Ana Carolina Rocha

Fontes: Cozinha Turca, Allrecipes, Estadão


Ingredientes:

– 250gr de farinha;

– 40gr de margarina;

– 1 ovo;

– ½ colherinha (colher de café) de sal;

– açúcar e canela em pó;

– óleo;

Modo de preparo:

Primeiramente, coloque em uma panela a água e a margarina e leve ao fogo para ferver.

Quando começar a ferver, acrescente a farinha polvilhando aos poucos para não empelotar e mexendo sempre com uma colher de pau, até que a mistura desgrude da panela.

Retire do fogo, acrescente o ovo, o sal e continue mexendo bem.

Coloque a mistura em um saco para confeitar e faça os formatos do churros, soltando-os diretamente no óleo quente. Corte-os na medida que desejar.

Escorra em papel absorvente e polvilhe açúcar com canela.

Por Daniela Foloni Santoro


Bolinho de Frango com Queijo

Ingredientes:

– 2 peitos de frango;

– 200gr de queijo mussarela;

– 50ml de leite;

– 2 ovos;

– Suco de 1 limão;

– Farinha de grão de bico;

– Alho moído;

– Ervas provençais;

– Sal.

Modo de preparo:

Corte o frango em cubinhos e coloque todos os ingredientes no liquidificador, exceto a farinha, uma pequena quantidade das ervas e do alho em pó, que será reservado para empanar os bolinhos.

Bata a mistura até formar uma massa homogênea e coloque na geladeira até dar liga. Umedeça as mãos e vá formando os bolinhos, passe no ovo batido e na farinha com ervas e alho.

Cubra a frigideira com bastante azeite, frite os bolinhos e deixe escorrer no papel absorvente.

Por Daniela Foloni Santoro


ASAS DE FRANGO COM LIMÃO

Ingredientes:

– 12 asas de frango;

– Suco de limão;

– Mel;

– Ketchup;

– Molho inglês;

– Alecrim;

– Pimenta de cheiro e sal a gosto.

Modo de preparo:

Lave se seque bem o frango.

Pique o alecrim e misture com 5 colheres de limão, 1 colher de sopa de mel, 1 colher de ketchup e 1 de molho inglês.

Despedace a pimenta e junte ao molho, acrescente o sal.

Despeje no frango e deixe repousar por 5 minutos.

Leve ao forno até que estejam bem crocantes.

MOLHO SICILIANO

Ingredientes:

– 10 tomates bem maduros sem pele e triturados;

– 1 berinjela pequena;

– 1 pimentão vermelho;

– 1 cebola;

– 2 dentes de alho;

– 1 colherinha de extrato de tomate;

– Manjericão;

– ½ xícara de azeite;

– 1 colherinha de açúcar;

– sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo:

Pique bem os ingredientes inteiros e leve ao fogo com o azeite, refogue bem e acrescente o resto dos ingredientes. Cozinhe até engrossar um pouco e sirva quente.

É delicioso!

Por Daniela Foloni Santoro


Sopa Fria Espanhola

Ingredientes:

3 colheres de azeite

2 dentes de alho

1 cebola picada

10 colheres de sopa de creme de leite

2 pimentões crus e picados

1 beterraba cozida e descascada

1 pitada de sal

1 colher de vinagre

4 cenouras

Acrescente um pouco de gelo e bata.

Rendimento  para 4 pessoas.

Gazpacho Andaluz

Ingredientes:

7 colheres de azeite de oliva

30 colheres de água

2 dentes de alho

1 ovo cozido

100gr de miolo de pão

50gr de pepino japonês

50gr de pimentão verde

1 pitada de sal

1kg de tomates maduros

½ cebola picada fininha

3 colheres de vinagre

Bata todos os ingredientes no liquidificador e passe a mistura pela peneira, acrescente gelo se achar necessário e bom apetite!

Rendimento para 6 pessoas.

Creme de Abóbora Cabochã

Ingredientes:

1 kilo e ½ de abóbora

1 cebola

1 litro de caldo de verduras

Suco de limão

Manteiga

Pimenta do reino e sal a gosto

Amêndoas picadas

Descasque a abóbora, tire as sementes e corte em pedaços pequenos, frite a cebola na manteiga, junte o caldo e a abóbora. Deixe cozinhar até desmanchar a abóbora e tempere com suco de limão, sal e pimenta. Acrescente as amêndoas picadas ao final.

Por Daniela Foloni Santoro


Cookie. Humm… Quem não fica com água na boca ao imaginar um desses? Além de serem muito saborosos, são uma ótima opção para quem procura uma alternativa aos biscoitos industrializados e cheios de açúcar, e conservantes disponíveis no mercado hoje em dia. A parte mais difícil, melhor dizendo “difícil” é fazer a farinha especial, veja a receita a seguir:

Farinha especial:

  • 2 xícaras (chá) de farinha de aveia
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo tostada (caso não encontra, leve a farinha de trigo ao forno até mudar de cor)
  • 1 xícara (chá) de farelo de trigo
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo integral

Misture todos os ingredientes e guarde em um recipiente seco e fechado. Rende 6 xícaras (chá) de farinha de trigo especial.

Ingredientes do cookie

  • 2 xícaras (chá) de farinha especial
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de açúcar mascavo
  • 1 xícara (chá) de açúcar comum
  • 1 colher de (sobremesa) rasa de bicarbonato de sódio
  • 150g de margarina em tabletes (em temperatura ambiente)
  • 2 ovos

1 – Numa vasilha grande, misture a farinha especial, a farinha de trigo, o açúcar mascavo, o açúcar comum e o bicarbonato de sódio.

2 – Acrescente a margarina, os ovos, e amasse com as mãos até obter uma mistura homogênea.

3 – Se quiser o cookie básico, basta modelar as bolinhas.

4 – Disponha-as com um espaço de 5 cm entre cada uma numa forma untada e enfarinhada. Asse em forno pré-aquecido em temperatura média (180°), por 20 minutos ou até que fiquem crocantes.

Há ainda opções pra quem quer variar do cookie básico:

Chocolate

Coloque uma xícara (chá) de chocolate meio amargo no preparo da massa básica e mais uma colher de café de essência de sua preferência. Após assar, polvilhe açúcar de confeiteiro.

De limão ou laranja

Raspe a casca de um limão ou de uma laranja. Acrescente à massa básica. Modele os biscoitos no formato desejado, depois de pronto, decore com glacê ou polvilhe açúcar de confeiteiro.

De café

Dissolva uma colher (sopa) de café solúvel, em 2 colheres (sopa) de água. Misture a massa básica. Se essa ficar muito mole, polvilhe um pouco de farinha de trigo. Enfeite com grão de café, uva passa ou cereja.

De castanha

Ao preparar a massa básica, acrescente 1 xícara (chá) de castanha-do-pará triturada. Asse. Polvilhe açúcar de confeiteiro.

Por Daniela Foloni Santoro


Hoje em dia, está cada vez mais difícil fazer as crianças comerem bem, não é mesmo? Graças a enorme quantidade de lanchonetes e fast-foods ao redor, além da TV influenciando em todas essas coisas não saudáveis. Como então podemos ajudá-las a se alimentar melhor e comer o que é necessário?

Espinafre por exemplo, quantas crianças hoje em dia responderão com “Eca!” a pergunta “Você gosta de espinafre?”. Uma boa dica, é a receita de bolo de espinafre com cobertura de chocolate. Além de ser gostoso (lembra aquele bolo de cenoura maravilhoso que muita gente gosta), ele vem com todas as vantagens do espinafre. A receita? Bem simples, veja a seguir:

Massa:

  • 6 ovos
  • 1 xícara e 1/2 de óleo
  • 1 maço de espinafre médio lavado
  • 3 xícaras de açúcar
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó bem cheia

 

Cobertura:

  • 10 colheres de açúcar
  • 3 colheres de achocolatado
  • 2 colheres de manteiga
  • 2 colheres de sopa de leite

 

Modo de Preparo

Massa:

  1. Bater no liquidificador os ovos, o óleo
  2. Ir colocando o espinafre aos poucos
  3. Acrescentar o açúcar e bater mais
  4. Acrescentar a farinha de trigo e misturar
  5. Por último, o fermento em pó
  6. Assar em forma untada e enfarinhada, em forno médio

Cobertura:

  1. Colocar os ingredientes em uma panela e levar ao fogo
  2. Misturar até engrossar
  3. Colocar sobre o bolo ainda quente.

E Bom Apetite!

Por Daniela Foloni Santoro

Fonte: UOL


Uma receita de petisco, com a copa chegando, finais de campeonato, chamando os amigos para assistir ao jogo: croquete de linguiça com fubá de milho para acompanhar a cerveja!

Pique 300g de lingüiça calabresa bem fininha. Refogue por alguns minutos com óleo, cebola (100g ou uma pequena) e 5 dentes de alho picados (quanto mais picado melhor). Adicione 250ml de leite nessa mesma panela  e coloque 1/3 de 220g de fubá (dá um pouco menos de uma xícara de chá) mexendo sempre em fogo baixo, até ficar em ponto de creme. Coloque a salsinha e tempere com sal (a gosto). Quando estiver mais frio, unte as mãos e enrole empanando mais uma vez no fubá, ovo e depois novamente no fubá. Frite com óleo quente até dourar, coloque em papel absorvente e bom apetite!  

Por Ana Carolina Rocha


Quer uma receita bem mineira de bolo de fubá? Então leia e a aprenda:

  1. Bata na batedeira 1 xícara de chá de manteiga com a mesma quantia em açúcar.
  2. Vá juntando 4 ovos, um por um. Conte 10 minutos no relógio.
  3. Em outra vasilha,  misture 2 xícara de chá de fubá, 1 de farinha ½ colher de sopa de fermento ( vale a pena peneirar os ingredientes!).
  4. Acrescente essa mistura à primeira e acrescente ¾ de leite de coco  e ½ xícara de chá de coco ralado ( mexendo sempre!).
  5. Despeje a massa em uma forma previamente untada! Se você nunca tiver feito um bolo antes é só besuntar de manteiga e farinha de trigo e tirar o excesso!
  6. Em 35 minutos, cozinhando em temperatura de 180 °C seu bolo estará  pronto!

Ingredientes:

  • 3 col. (sopa) de azeite de oliva
  • 2 ovos
  • 4 col. (sopa) de adoçante culinário em pó
  • 1 col.(sopa) de café solúvel
  • ½ xíc. (chá) de farinha de trigo
  • 4 col. (sopa) de chocolate em pó light
  • 2 col. (chá) de fermento em pó
  • 1 col. (chá) e bicarbonato de sódio
  • 6 col. (sopa) de leite desnatado
  • 1 xíc. (chá) de sorvete light creme
  • 1 col. (sopa) de calda light chocolate

Modo de preparo

Junte o azeite, as gemas, o adoçante e o café solúvel. Bata por 5 minutos. Vá acrescentando a farinha de trigo peneirada com o chocolate, o fermento e o bicarbonato, e o leite alternadamente. Coloque as claras em neve na mistura e mexa até ficar homogênea.

Unte 8 fôrminhas (150ml) com  azeite de oliva  e farinha. Asse por aproximadamente 15 minutos e sirva ainda quente com o sorvete e a calda de chocolate.


Ingredientes

  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de manjericão
  • 1 kg de lula limpa
  • 6 tomates
  • 3 cebolas
  • sal e pimenta a gosto
  • 3 xícaras de leite
  • 2 xícaras de farinha de milho branca
  • 1 xícara de leite de coco.

Preparo

  1. Lave bem a lula e corte-a ao meio. Tempere com sal a gosto.
  2. No processador triture a cebola, o alho, o manjericão e o tomate.
  3. Numa panela coloque o azeite, a mistura do processador, a lula e cozinhe por 10 minutos.
  4. Tempere com sal e pimenta a gosto e reserve.
  5. Em outra panela misture o leite, a farinha e o leite de coco. Cozinhe até engrossar.
  6. Coloque a mistura em uma forma redonda untada com óleo. Deixe esfriar e desenforme.
  7. Distribua o molho de lula quente no centro e ao redor da polenta. Sirva a seguir.

Impressionará todos os seus convidados!


Ingredientes

  • 5 ovos
  • 3 xícaras de açúcar
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 250 ml de suco de laranja
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 garrafa de leite de coco
  • 250 ml de leite
  • 1 lata de leite condensado e
  • 1 pacote de açúcar.

Preparo

  1. Misture os ovos, o açúcar, a farinha de trigo, a laranja, o fermento;
  2. Despeje a massa em uma forma. Asse em forno médio por 40 minutos ou até soltar-se de um palito espetado.
  3. Faça a cobertura misturando o resto dos ingredientes;
  4. Fure toda a cobertura da massa assada com uma faca ou palito e despeje a cobertura sobre ela;
  5. Leve a geladeira por 3 horas e sirva gelado.

Com café quente fica simplesmente maravilhoso!!!


Rápido, fácil e leve. Combina com bolos, sorvetes e mousse!

Ingredientes

  • 8 gemas
  • 8 claras em neve
  • 1 xícara de nozes moída
  • 2 xícaras de açúcar
  • 6 colheres de farinha de rosca
  • 1 xícara de chocolate em pó
  • 4 xícaras de doce de leite e 1 colher de baunilha.

Preparo

  1. Bata as gemas e o açúcar vagarosamente até obter um creme firme;
  2. Misture o resto dos ingredientes mexendo com delicadeza;
  3. Incorpore a mistura ao creme e depois transfira para uma forma;
  4. Asse em forno médio por 15 minutos;
  5. Leve a geladeira por pelo menos duas horas antes de servir.

Ingredientes

  • 6 ovos
  • 2 xícaras de nozes moídas
  • 2 xícaras de leite
  • 500 gramas de farinha de trigo
  • 500 gramas de açúcar
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 2 latas de leite condensado.

Preparo

  1. Bata os ovos e o açúcar na batedeira em velocidade alta até obter um creme fofo;
  2. Junte a farinha e o fermento e bata em velocidade baixa;
  3. Adicione o leite e por último as nozes;
  4. Unte a assadeira com a manteiga e despeje a massa. Leve ao forno médio por 2 horas;
  5. Para o recheio cubra as latas fechadas de leite condensado em uma panela de pressão e cozinhe por 30 minutos;
  6. Depois que esfriar abra as latas e recheie a massa quando sair do forno. Também pode despejar em cima do bolo.

Parece arriscado e diferente, mas é divino!


Essa receita é para quem é louco por quindim caseiro, como eu, que gosta dele bem molhado e suculento, mas não gosta de perder horas na cozinha.

Ingredientes

  • 1 ½  pacote de coco ralado
  • 1 vidro de leite de coco
  • 1 (sopa) colher de manteiga
  • 500 gramas de açúcar
  • 10 gemas
  • 4 ovos inteiros.

Preparo

  1. Misture o coco ralado com o leite de coco;
  2. Junte os outros ingredientes misturando muito bem;
  3. Deixe repousar por 2 horas. Coloque em forminahs untadas com manteiga e polvilhadas com açúcar cristal;
  4. Leve ao forno quente, em banho-maria, por 30 minutos. Deixe esfriar e desenforme;

Ingredientes

  • 200 gramas de manteiga
  • 3 xícaras de açúcar
  • 3 gemas
  • 3 claras
  • 1 xícara(chá) de maisena
  • 1 colher (sopa) de fermento
  • 1 xícara de leite
  • 3 claras
  • ½ maçã
  • 1 dúzia de bananas prata maduras.

Preparo

  1. Bata a manteiga, o açúcar e as gemas até obter uma massa fofa;
  2. Peneire a maisena junto com os outros ingredientes secos e adicione o leite, mexendo levemente;
  3. Acrescente as claras batidas em neve;
  4. Caramele uma forma redonda média e coloque a maçã no centro;
  5. Depois arrume as bananas cortadas em tiras, formando uma margarida.
  6. Despeje a massa sobre as frutas.
  7. Asse em forno moderado por 40 minutos. Desenforme e delicie-se.

Ingredientes

  • 1 Kg de mandioca
  • 100 gramas de manteiga
  • 3 ovos batidos
  • 1 xícara (chá) de leite de coco
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 colheres (sopa) de açúcar e
  • ½ xícara de água fervente.

Preparo

Descasque a mandioca, corte em pedaços pequenos, passa pelo liquidificador ou processador até que fique ralada. Acrescente a água fervente e passe por uma peneira. Misture o resto dos ingredientes e coloque em uma forma untada. Salpique açúcar e canela se desejar. Asse em forno médio por uma hora. Deixe esfriar e retire da forma.

É um manjar dos deuses e você vai se sentir no campo ou na casa de sua avó!


Ingredientes

  • 2 ovos;
  • 2 xícaras de açúcar;
  • 2 xícaras de farinha;
  • 1 colher de fermento;
  • 2 xícaras de laranja e
  • ½ xícara de coco ralado.

Preparo: Bata tudo, unte a forma e asse em forno preaquecido em temperatura média por 40 minutos.

Dicas: Esse é um bolo tão fácil e simples que é permitido perder alguns minutos para incrementá-lo, deixando ainda mais saboroso. Vale jogar sobre o bolo finalizado canela, calda de laranja, açúcar de confeiteiro ou até mesmo cortá-lo em fatias e mergulhar as partes em leite, leite condensado e coco, enrolando depois em papel aluminio. Basta usar a criatividade!


Ingredientes para a Massa:

  • 2,5 kg de uva;
  • ½ kg de açúcar;
  • 2 xícaras de óleo de girassol;
  • ½ colher (café) de sal;
  • 3 ovos;
  • 5 colheres (sopa) de fermento biológico seco;
  • ½ colher (sopa) de canela em pó
  • ½ colher (sopa) de noz-moscada
  • 3 colheres de açúcar de baunilha.

Ingredientes para a Cobertura:

  • 4 kg de uva;
  • 600 gramas de açúcar.

Ingredientes para a Farofa:

  • 3 xícaras de açúcar;
  • 3 xícaras de farinha de trigo;
  • 250 gramas de manteiga;
  • 1 colher (sopa) de açúcar de baunilha.

Modo de Preparo:
Misture todos os ingredientes da farofa e reserve. Misture todos os ingredientes da massa em uma vasilha, com o fermento previamente diluido em água. misture com as mãos até que se solte. Deixe a massa descansar até que dobre de volume. Coloque a massa na forma. Espalhe as uvas, o açúcar e a farofa. Leve ao forno preaquecido em temperatura média por 40 minutos.

Bom apetite!


Na verdade essa é a receita de um bolo de cenoura que recebeu esse apelido depois de modificado para ficar com um grosso e suculento recheio.

Ingredientes

  • 6 cenouras médias;
  • 4 ovos;
  • 1 xícara de óleo de girassol;
  • 4 xícaras de açúcar;
  • 3 xícaras de farinha de trigo e
  • 1 colher (sopa) de fermento.

Cobertura

  • 4 colheres (sopa) de açúcar;
  • 1 colher de manteiga;
  • 3 colheres de achocolatado ou chocolate em pó;
  • 3 colheres (sopa) de leite

Modo de preparo

Bata as cenouras (previamente raladas) os ovos e o óleo. Acrescente o açúcar, a farinha e o fermento por último, misturando bem. Despeje em uma forma circula com abertura no centro. Asse por 40 minutos em forno pré-aquecido a 180 graus. Para a cobertura misture todos os ingredientes, leve ao fogo e retire quando chegar no ponto desejado.

Bom apetite!


Essa é a receita de um típico quitute mineiro adaptado por uma técnica alimentar paulista que reside em Santa Catarina.

Ingredientes:

  • ½ xícara (chá) de manteiga;
  • 1 ½ xícara (chá) açúcar;
  • 4 ovos;
  • 2 xícaras (chá) fubá;
  • 1 xícara (chá) Farinha de trigo;
  • 1 colher (sopa) de fermento;
  • 1 xícara (chá) de leite de coco e
  • 1 xícara (chá) de coco ralado.

Modo de preparo

  1. Bata a manteiga e o açúcar.
  2. Junte os ovos e bata por dez minutos.
  3. Misture o fubá, a farinha e o fermento e adicione a mistura, intercalando com o leite de coco que deve ser colocado vagarosamente até incorporar a mistura.
  4. Por último junte o coco ralado.
  5. Despeje em uma forma untada e leve ao forno preaquecido a 180 graus e asse por 40 minutos. E depois, delecie-se!

Bolo de cenoura além de ser muito saboroso é nutritivo. A cenoura possui vitaminas e minerais importantes para o bom desenvolvimento do nosso organismo.

Veja como é fácil de fazer este bolo fofinho e delicioso:

Ingredientes para o Bolo:

  • 1/2 xícara de óleo
  • 3 cenouras médias
  • 4 ovos
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Ingredientes da cobertura:

  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 3 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 1 xícara de açúcar
  • 5 colheres de leite (se quiser que a cobertura fique mais mole)

Modo de Preparo:

  • Descasque e rale as cenouras;
  • Bata no liquidificador as cenouras, o óleo e os ovos;
  • Acrescente o açúcar e bata por mais 5 minutos;
  • Adicione o restante dos ingredientes, menos o fermeto e misture tudo;
  • Acrescente o fermento e misture delicadamente com uma colher;
  • Despeje a massa numa forma untada e leve a forno pré-aquecido (180ºC) por aproximadamente 40 minutos;

Cobertura: Numa panela, misture os ingredientes, leve ao fogo e faça uma calda. Despeje sobre o bolo quente.


Muitas pesquisas estão comprovando diversos benefícios do amaranto, mais conhecido como o feijão dos Andes.

De fácil cultivo e rápido crescimento, este alimento é uma excelente fonte de proteínas de alto valor biológico, vitaminas, ferro, cálcio, zinco e fibras.

Ajuda na redução do colestrol do sangue, controla o nível de açúcar no sangue, prevenindo o diabetes e ajuda na redução de peso.

Veja esta deliciosa receita de bolo de amaranto com banana elaborada por nutricionistas da USP:


Que tal fazer um delicioso bolo de mandioca tipicamente mineiro?

Para preparar este delicioso bolo você precisará de água, mandioca com casca, manteiga, coco ralado, leite de coco, ovos e sal.

O bolo fica pronto em 2 horas.

Veja como é fácil fazer:


Quem não gosta de bolo de chocolate? E se ele ficar fofinho e molhadinho é melhor ainda…

Esta receita é bem simples de fazer e o resultado é ma-ra-vi-lho-so!!

Separe o que você irá precisar:

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 6 colheres (sopa) de chocolate em pó (bem cheias)
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 6 ovos inteiros

Vamos prepará-lo? Siga as instruções:

  1. Bata as claras dos ovos em neve, acrescente as gemas e bata mais um pouco. Adicione as 2 xícaras de açúcar e bata novamente;
  2. Acrescente a farinha de trigo, o chocolate em pó e o leite e bata novamente;
  3. Por último, adicione o fermento e bata mais um pouco;
  4. Coloque a massa em um tabuleiro untado com margarina e farinha e leve para assar em forno médio por aproximadamente 40 minutos.

Enquanto o bolo está assando que tal fazer uma cobertura? Veja como é fácil:

  1. Numa panela, adicione 2 colheres de chocolate em pó, 1 colher de margarina e meio copo de leite;
  2. Leve ao fogo e misture bem até começar a ferver;
  3. Jogue a cobertura sobre o bolo quente. Pode fazer um furinho no bolo com um garfo antes de colocar a cobertura para ela penetrar no bolo.

Pronto! Pode ser servido quente ou frio que fica gostoso do mesmo jeito!





CONTINUE NAVEGANDO: